Prescrição de exercícios em portadores de fribromialgia

08/06/2018 11:50

A fibromialgia pode ser definida como uma síndrome dolorosa de etiologia desconhecida, que acomete mais as mulheres. É caracterizada pela presença de dor muscular difusa em sítios dolorosos específicos, associada frequentemente a distúrbios do sono, fadiga crônica, distúrbios psíquicos e intestinais funcionais. Estudos demonstraram que a fibromialgia pode começar em qualquer idade, sendo sete vezes mais comum em mulheres do que em homens.

            O exercício físico tem sido muito abordado na literatura científica como sendo eficaz no sentido de melhorar os sintomas. Os exercícios aeróbicos parecem ser extremamente benéficos e, em seguida, os alongamentos também são muito importantes. O treinamento de força (musculação) deve ser bem planejado e executado de forma consciente, a fim de que possa trazer benefícios. A efetividade desse tipo de exercício depende de seu uso correto dentro da prescrição dos programas de treinamento.

            De uma forma geral, em uma sessão de treinamento, a maior parte do tempo na realização dos exercícios deve ser de atividades aeróbicas de baixa a moderada intensidade, ou seja, devem ser prazerosas e realizadas de forma confortável. Os alongamentos e a musculação devem seguir o mesmo raciocínio.

            Como a literatura ainda é muito escassa sobre a musculação nesse tipo de enfermidade, ainda existe a preferência pelo alongamento. Então, dê prioridade aos exercícios aeróbicos, depois aos alongamentos, e, por último, aos de força. Na sessão de treinamento, o Professor de Educação Física irá ordenar a sequência dos exercícios de acordo com as suas necessidades.

Prof. Dr. Roberto Simão

- Professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: